24°C 26°C
Salvador, BA
Publicidade

Todos estão de olho na Câmara Municipal de Lauro de Freitas

Um retrato desolador da política local:

06/03/2024 às 15h13 Atualizada em 06/03/2024 às 17h58
Por: Redação Fonte: Paulo Maneira
Compartilhe:
Todos estão de olho na Câmara Municipal de Lauro de Freitas

Os últimos eventos na "casa do povo" de Lauro de Freitas, Bahia, desnudam o lado mais sombrio do universo político. Vereadores, eleitos pelo voto popular, mergulham em um abismo de baixarias, protagonizando a pior legislatura da sua história de 60 anos.

A solenidade manchada:

A abertura dos trabalhos legislativos deste ano foi marcada por cenas lamentáveis: gritarias, confusões e até mesmo agressões, com registro de boletim de ocorrência. O que deveria ser um ato solene se transformou em um espetáculo de desrespeito, presenciado pela população que facilmente poderia ser transmitido pelo Canal Combate. Vereadores desonraram, seus eleitores, seus cargos e a própria democracia.

Escalada da violência:

Na última semana, a barbárie se intensificou com uma briga física entre vereadores, elevando o nível do conflito a um patamar inaceitável. A ironia reside no fato de que o agressor se encontrava ao lado de um colega conhecido por sua calma e paciência, e o mesmo entrou no jogo dando espaço para a fúria e dando o palco para que tudo acontecesse.

Continua após a publicidade

O ódio como modus operandi:

O ódio se instalou na Câmara Municipal e, em ano eleitoral, parece ser a única força motriz dos representantes da cidade. É urgente uma investigação profunda para identificar os responsáveis por fomentar a violência e puni-los com rigor.

Até quando?

Até quando a população de Lauro de Freitas suportará tamanha sede pelo ódio? A sete meses das próximas eleições, esses mesmos personagens estarão nas ruas, buscando o voto de confiança para mais um mandato. A polarização político-partidária não pode encontrar espaço em uma cidade tão diversa como Lauro de Freitas.

Um chamado à reflexão:

Continua após a publicidade

O momento exige uma reflexão profunda sobre o futuro da política local. A Câmara Municipal, através da sua mesa diretora, precisa ser ressignificada como um espaço de diálogo, respeito e construção de soluções para os reais problemas da cidade. É hora de repudiar o ódio e exigir dos nossos representantes um compromisso com o bem-estar da população.

Fale com Paulo Maneira:

Instagram (link)
Twitter (link)
Facebook (link)
LinkedIn (link)
Whatsapp (link)

Paulo Maneira
Sobre o blog/coluna
Consultor Político | Jornalista | Marketing Digital | Planejamento em Comunicação
Ver notícias
Salvador, BA
25°
Tempo nublado

Mín. 24° Máx. 26°

26° Sensação
7.04km/h Vento
79% Umidade
100% (15.25mm) Chance de chuva
05h54 Nascer do sol
05h15 Pôr do sol
Ter 26° 25°
Qua 27° 24°
Qui 26° 25°
Sex 26° 24°
Sáb 25° 25°
Atualizado às 19h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,90%
Euro
R$ 5,83 +1,04%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,19%
Bitcoin
R$ 382,727,77 +0,99%
Ibovespa
119,137,86 pts -0.44%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias