Política OMS

“Será que o governador vai ouvir a OMS?”, questiona Capitão Alden sobre orientação de usar a obrigação da vacinação em último recurso

As declarações da OMS foram feitas pelo diretor-geral da Organização, Hans Kluge, que afirmou ser importante, primeiro, sensibilizar a população para a importância de receber a vacina

07/12/2021 16h09
Por: Bahia Jornal
“Será que o governador vai ouvir a OMS?”, questiona Capitão Alden sobre orientação de usar a obrigação da vacinação em último recurso

O deputado estadual Capitão Alden questionou, nesta terça-feira (7), se o Governo do Estado vai seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) que orientou que a vacinação obrigatória seja adotada apenas em último recurso. 

As declarações da OMS foram feitas pelo diretor-geral da Organização, Hans Kluge, que afirmou ser importante, primeiro, sensibilizar a população para a importância de receber a vacina. 

Alden, que está vacinado com as duas doses, mas se mantém contra os decretos de obrigação de vacinação, questionou o governador Rui Costa sobre a declaração da entidade. 

“A OMS recomendou a não obrigação da vacinação, mas será que o governador vai obedecer? Quero saber o critério utilizado para embasar essas atitudes ditatoriais feitas por Rui Costa ou ele vai se calar sobre isto também e vai continuar tomando atitudes sem ouvir ninguém?”, disse o parlamentar. 

O deputado, na sessão desta terça, voltou a pedir a realização de uma audiência pública para discutir o passaporte da vacina. Para ele, os deputados, a sociedade civil e profissionais de saúde precisam ser ouvidos sobre o tema, o que não tem ocorrido, segundo o Capitão Alden.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias