Cidades Anuário Multi Cidade

Maceió, Camaçari e Feira de Santana são destaques com investimentos em assistência social na região Nordeste

Anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil apontou que todas as capitais nordestinas aumentaram seus gastos na pauta em 2020

04/12/2021 04h00
Por: Rebeca Costa Fonte: C2 Comunicação/ Laísa Rasseli

Todas as capitais da região Nordeste aumentaram seus gastos com assistência social no ano de 2020, quando comparado a 2019. Os dados foram divulgados no anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, lançado na última semana pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), com patrocínio da Huawei e da Tecno It.

 

O ranking dos maiores incrementos em gastos com assistência social entre as cidades selecionadas da região Nordeste é liderado pela capital alagoana Maceió, que passou de R$ 28,4 milhões investidos na pauta em 2019 para R$ 57,1 milhões em 2020 – alta de 100%. Em seguida vêm os municípios baianos de Camaçari, com alta de 67,8%; Feira de Santana, com 63,3%; e a capital Salvador, com 41,1%.

 

Entre as capitais, destaque para Recife (PE), com aumento de 30,9% nos gastos com assistência social; Teresina (PI), com 25,5%; João Pessoa (PB), com alta de 25,2% no período; Fortaleza (CE), com 21%; Natal (RN), com 19,5%; Aracaju (SE), com alta de 12,2%; e São Luís (MA), com aumento de 11%.

 

Entre os municípios selecionados e avaliados pela publicação, seis registraram quedas em seus gastos com assistência social no ano de 2020. A maior desaceleração foi em Petrolina (PE), com - 11,4%; seguida por Parnaíba (PI), com - 8,2%; Caruaru (PE), com - 7,3%; Campina Grande (PB), com - 6,3%; Juazeiro do Norte (CE), com - 4,3%; e Vitória da Conquista (BA), com - 3,2%. Ressalta-se que Petrolina, Juazeiro do Norte e Caruaru, mesmo com queda, mantiveram suas despesas com assistência social em 2020 mais elevadas que a anos anteriores a 2019.    

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias