Quarta, 24 de Fevereiro de 2021 23:42
71 99955-6118
Geral Economia

Bahia mantém liderança na geração de energia por fonte renováveis

Em 2020 a energia gerada pelos empreendimentos de eólica e solar na Bahia equivalem a 25% da energia gerada pelas usinas de Itaipu e Angra I e II

19/02/2021 13h30
Por: Bahia Jornal
Foto: Manu Dias / GOVBA
Foto: Manu Dias / GOVBA

Por dois anos consecutivos, a Bahia é líder na geração de energia a partir das fontes solar e eólica no Brasil. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), após analisar dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em 2020 a energia gerada pelos empreendimentos de eólica e solar na Bahia equivalem a 25% da energia gerada pelas usinas de Itaipu e Angra I e II. O Governo do Estado, através da SDE, tem empenhado os melhores esforços para viabilizar a implantação de complexos renováveis. 

 

“Temos um potencial energético espetacular. A Bahia é destaque nacional na geração de energia solar e eólica e nós estamos, como Governo do Estado, prontos para oferecer apoio institucional para licenciamento ambiental e regularização de áreas. As energias renováveis proporcionam a redução das desigualdades sociais nos municípios, em especial no semiárido, contribuindo com o ICMS das cidades, além de gerar emprego e renda para o povo baiano”, afirma o vice-governador João Leão, secretário da pasta. 

 

Em 2020, a Bahia liderou nacionalmente tanto a geração de energia eólica (29,5%), quanto solar (32%), gerando respectivamente, no ano, um total de 16,4 Terawatts/hora (TW/h) e 1,8 TW/h em energia. Os dados constam do Informe Executivo de Energias Renováveis de dezembro, divulgados nesta sexta-feira (19), pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). 

 

Eólica 

 

Os 185 parques eólicos, em funcionamento em 20 municípios, já investiram mais de R$ 18,6 bilhões e criaram mais de 51 mil empregos diretos na fase de construção dos complexos, que tem 4,6 megawatts (MW) de capacidade instalada e mais de 1,3 mil aerogeradores em operação.  

 

Os 126 parques, em construção e com construção prestes a se iniciar, têm capacidade instalada de 3,6 GW. A previsão é que, juntos, possam injetar R$ 13 bilhões em investimentos no estado até 2026 e gerem 54,6 mil empregos diretos e indiretos. Com as novas usinas, a Bahia pode alcançar 8,2 GW de potência instalada em eólica. 

 

Solar 

 

São 29 parques fotovoltaicos em operação, com 777 MW de capacidade instalada e mais de 3 milhões de módulos fotovoltaicos, onde já foram investidos R$ 3,8 bilhões em sete municípios, onde foram gerados mais de 10 mil empregos diretos na fase de construção dos parques. 

 

Até 2026, os 60 parques em construção e com construção prestes a se iniciar devem investir R$ 8,1 bilhões e gerar 28 mil empregos diretos na fase de construção dos complexos. A previsão é que eles incluam na rede elétrica 2,2 MW, fazendo a Bahia alcançar 2,9 MW de capacidade instalada. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. 24° Máx. 32°

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (25/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 32°

Sol e Chuva
Sexta (26/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias