Quarta, 28 de Outubro de 2020 01:43
71 99955-6118
Geral Economia

Pesquisa aponta que marcas devem apostar ainda mais em marketing de afiliados durante a Black Friday e Natal

Novo levantamento da Rakuten Advertising mostra que 83% dos publishers viram um aumento ou mantiveram o mesmo de tráfego durante a pandemia, o que reforça a aposta dos anunciantes neste modelo de negócios a curto prazo como impulsionador de vendas durante o pico do varejo no último trimestre do ano

15/10/2020 07h30
Por: Bahia Jornal Fonte: Ascom
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
A Rakuten Advertising, líder global em marketing e publicidade digital, realizou uma nova pesquisa global para entender os impactos do setor para o último trimestre do ano diante dos desafios apresentados pela pandemia. A empresa que já tinha conduzido um estudo entre consumidores, dessa vez foi escutar a sua rede de publishers parceiros, além de anunciantes e CMO´s. O levantamento realizado em agosto e apresentado no site  “O Caminho da Retomada” traz importantes insights que indicam que este modelo de negócios será a aposta certeira para impulsionar as vendas e minimizar os efeitos dos impactos da COVID-19 nos negócios das marcas no último trimestre do ano -  considerado o período mais importante para o varejo já que abriga datas como a Black Friday e o Natal.
 
Entre os principais destaques, a pesquisa mostra 83% dos publishers viram um aumento ou mantiveram o mesmo de tráfego durante a pandemia. Ou seja, a COVID-19 não prejudicou a maior parte das estratégias de anunciantes por meio de marketing de afiliados e para alguns gerou ainda mais oportunidades de negócios. Um  dado importante é que 66% dos entrevistados estão investindo em aumentar o tráfego durante este período de alta do varejo.
 
Além disso, 45% deles identificaram um aumento de consumidores acima dos 50 anos desde março, início da pandemia. Enquanto sites de cupons, de cashback e loyalty, e canais de influenciadores aumentaram o tráfego a partir de 50%. 76% esperam que o tráfego a partir de outubro até dezembro ultrapasse ou retorne aos níveis anteriores à COVID-19.
 
A pesquisa revela também que a parceria entre os publishers e anunciantes tem sido cada vez maior durante este período de incertezas. Uma prova disso é que desde o início da pandemia, 72% dos publishers ouvidos disseram que não fizeram nenhuma alteração nos custos das veiculações e no inventário de mídia dos seus sites.
 
“Houve uma recuperação real nos gastos do consumidor nos últimos meses devido à demanda reprimida, e os anunciantes enxergam o último trimestre do ano como uma grande oportunidade. No entanto, ainda existe uma incerteza sobre como o mercado vai responder no ano que vem. Por isso, as campanhas para 2021 devem ser mais conservadoras. No ano que vem, os publishers devem atender a um novo consumidor e os anunciantes terão que se adaptar raidamente a este novo cenário”, afirma Luiz Tanisho, country manager Brasil e VP da operação Global da Rakuten Advertising.
 
Tipos de conteúdo em destaque 
 
Quando questionados sobre como foi a adaptação diante dos desafios da pandemia, mais de um terço dos publishers (34%) disseram promover novos formatos para os anunciantes pelo mesmo preço ou melhores taxas de comissão. Assim como 27% responderam que estão criando novas ofertas de mídia e campanhas. 
 
Mais da metade (58%) dos publishers afirmou que focar mais em cupons e cashback foi a estratégia que gerou mais engajamento dos visitantes. 38% sinalizaram para a criação de conteúdo mais personalizada, enquanto 27% disseram que o melhor é concentrar em categorias de anunciantes que estão em alta, como games, decoração e beleza.
 
Curiosamente, 10% dos entrevistados também disseram que estão fazendo parceria com anunciantes que defendem uma causa específica.
 
Mudanças no planejamento e estratégias
 
A pesquisa descobriu que 37% dos publishers esperam que as comissões permaneçam iguais durante o pico do varejo, no último trimestre do ano. E 70% observou que os anunciantes estão se comprometendo com investimentos e planos a curto prazo (1-3 meses).
 
62% dos publishers disseram que o planejamento a curto prazo foi citado como a principal mudança entre 2019 e 2020. Além disso 43% deles afirmaram uma queda no investimento em campanhas.
 
Para impulsionar as vendas impostas por um modelo de planejamento de curto prazo com as marcas, os publishers estão tendo um grande desafio de reorganizar suas estratégias. 62% deles disseram buscar por inovação com a implantação de novos recursos nos seus sites ou aplicativos com o objetivo de aumentar o volume de tráfego em datas promocionais como a Black Friday e o Natal. E 47% estão usando as mídias sociais como ferramenta para isso, além do e-mail marketing (43%) e busca paga (27%).
 
Quando questionados sobre quais canais online que geraram um aumento no tráfego desde o início da pandemia, a maioria dos publishers citou que o tráfego veio de maneira orgânica (48%), seguido por mídias sociais (34%) e mobile (29%).
 
Metodologia da pesquisa
 
A Rakuten Advertising escutou cerca de 100 parceiros da sua rede global entre Publishers, Anunciantes e CMO´s.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Salvador - BA
Atualizado às 01h34 - Fonte: Climatempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 30°

25° Sensação
11 km/h Vento
89% Umidade do ar
90% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (29/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol e Chuva
Sexta (30/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias