Sexta, 24 de Setembro de 2021
25°

Muitas nuvens

Salvador - BA

Geral Proteção de dados

LGPD começa a aplicar penalidades a partir de 1º de agosto

Empresas que fazem tratamento de dados de usuários precisam se adequar às normas

21/07/2021 às 21h00
Por: Bahia Jornal Fonte: Ascom
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) estabelece regras para o uso, coleta, armazenamento e tratamento de dados dos usuários por pessoas naturais ou jurídicas de direito público ou privado. A lei entrou em vigor de forma escalonada, em 2018, com os artigos que tratam da constituição da Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD e do Conselho Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade – CNPD e em setembro de 2020, quanto aos demais artigos da lei, com exceção, aos que tratam das sanções administrativas. A partir de 1° de agosto de 2021, começam a ser aplicadas as penalidades para aqueles que infringirem a LGPD. São sanções administrativas previstas no artigo 52, as quais vão de simples advertência,  a pesadas multas e proibição das atividades.

A professora de Direito da Unijorge, Fernanda Pires, explica que em caso de infrações às normas previstas na LGPD, os agentes de tratamento de dados ficam sujeitos às penalidades que serão aplicadas pela ANPD, tais como: advertência, com indicação de prazo para adoção de medidas corretivas; multa simples, de até 2% do faturamento da pessoa jurídica de direito privado, grupo ou conglomerado no Brasil, limitada, no total, a R$ 50 milhões por infração; multa diária, publicização da infração; bloqueio dos dados pessoais a que se refere a infração até a sua regularização; eliminação dos dados pessoais a que se refere a infração. Ainda podem ser aplicadas a suspensão parcial do funcionamento do banco de dados a que se refere a infração; a suspensão do exercício da atividade de tratamento dos dados pessoais a que se refere a infração pelo período máximo de seis meses, prorrogável por igual período e a proibição parcial ou total do exercício de atividades relacionadas a tratamento de dados.

O escalonamento da LGPD permitiu que as empresas tivessem um prazo para adequação às normas. Para as organizações que ainda não estão de acordo com as disciplinas, a professora de Direito esclarece que são muitos os ajustes e garantias propostos pela lei e elenca alguns pontos importantes como a identificação dos riscos e necessidades no tratamento de dados, priorizando quais informações efetivamente precisam coletar no desenvolvimento da sua atividade, obtendo, em determinadas situações, consentimento dos titulares dos dados para a coleta; promoção da revisão de políticas internas e termos de uso, manutenção de uma base segura de armazenamento, com controle de acesso de colaboradores e proporcionando treinamento adequado dos mesmos. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Salvador - BA Atualizado às 20h29 - Fonte: ClimaTempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 21° Máx. 27°

Sáb 28°C 21°C
Dom 27°C 22°C
Seg 28°C 23°C
Ter 28°C 22°C
Qua 28°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias